REBELDIA FORA DOS GRAMADOS.

Rebeldes do Futebol (Les Rebelles du Foot) – 2012.
Dirigido por: Gilles Perez e Gilles Rof.
Duração: 92 minutos.

affiche_rebelles_canto

Já que quase todas as conversas por mais distintas que sejam acabam terminando em futebol nestes tempos de efervescência pela copa do mundo e depois de achar e assistir este filme na internet, resolvi escrever sobre ele, porque não é um documentário sobre futebol e sim sobre jogadores que se destacaram principalmente por sua vida fora dos gramados jogando pelos seus times ou seleções.

“Rebeldes do Futebol” é um documentário apresentado por um ex-jogador francês Eric Cantona, que foi um jogador polêmico, principalmente por ter dado uma “voadora” num ????????????????????torcedor durante um jogo, mas sempre teve problemas com a autoridade dos técnicos e com sua aposentadoria precoce se envolveu com arte e cultura e assume sua posição política de esquerda. Cantona gosta de jogadores com atitude dentro e fora dos campos e o filme narra a história de cinco jogadores separadamente que atuaram além dos gramados.

A primeira história do filme é sobre um jogador contemporâneo que ainda está na ativa, Didier Drogba que jogou pela Costa do Marfim nesta copa de 2014 no Brasil, é através da drogba_simple_300seleção que ele agiu para ajudar a pacificar seu país, com seus gols e vitórias junto da seleção Marfinense que Drogba falou para o povo do país para largarem suas armas para poderem assistir ao jogo da seleção da Costa do Marfim contra Madagascar em um estádio que ficava até então em área que estava sobre o poder dos rebeldes, e graças a esta atitude de Drogba o país não está mais em guerra civil.

O chileno Carlos Caszely é o segundo jogador a ter sua história apresentada no filme, Caszely jogou pelo Colo-Colo e pela seleção Chilena e foi publicamente contra a ditadura de Pinochet e estando fora do país porque estava jogando no Levante, time da Espanha, ele teve sua mãe sequestrada e torturada pelo regime de Pinochet em represálias as suas declarações, mesmo com essa situação, em jogo da seleção chilena no país em Caszely_Levanteque Pinochet vai cumprimentar os jogadores, Caszely se recusa a dar a mão ao ditador e depois destes acontecimentos chegou a fazer campanhas televisivas para acabar com o governo de Pinochet, o que por fim aconteceu. Caszely ainda é vivo e conta as histórias pessoalmente.

Continuando temos a história de Rachid Mekholufi que era jogador do Saint-Etienne que fugiu com outros jogadores para a Argélia para jogar numa seleção da FLN (frente de libertação nacional), foi a partir dos jogos desta seleção, que mesmo após ter se tornado a seleção da Argélia ainda não era reconhecida pela fifa, a França começou a perceber que já não teria mais como continuar em guerra contra a Argélia que ela estaria se tornando um país livre. Mekholufi também está vivo e conta suas histórias pessoalmente memoria08-008_0no filme, é muito interessante ver como um jogador de estava se dando bem em outro país, foge escondido, como se fosse uma “persona non-grata” e conta os detalhes da fuga e o porquê dele estar fazendo isso para o seu país.

Ilijas Pasic foi jogador do Sarajevo FC e também jogou pela seleção da Iugoslávia, que hoje se desmembrou e se tornou outros países, mas a cidade onde viveu hoje faz parte da Bósnia e Herzegovina. Ainda na antiga Iugoslávia enquanto o país estava em conflitos resolve montar uma escola de futebol para crianças das várias etnias que faziam parte do país, como bósnios, servos e etc. Pasic convenceu os pais das crianças que elas, se fossem morrer que morressem fazendo aquilo que gostavam que fosse jogando futebol, o próprio Pasic conta que as crianças tinham que ilijamuitas vezes se esconderem no subsolo do ginásio onde jogavam, corriam por uma ponte para que não fossem atingidas por tiros e nenhuma das crianças da escolinha de futebol foi morta durante os conflitos no país.

E por último temos a história do jogador Sócrates que durante a ditadura militar foi um dos líderes do time do Corinthians no início dos anos 80, Sócrates era médico e jogador de futebol, ajudou a consolidar a democratização do futebol através da “Democracia Corintiana” que consistia em todos no clube tinham poder de votar nas decisões do time, não era apenas o presidente e a parte administrativa que tomava as decisões, mais também jogadores e funcionários do clube podiam tomar decisões e isso era além de uma revolução para os padrões de um clube de futebol, também era exemplo e uma forma de protesto contra a ditadura militar e poderia ser visto também como uma forma de gestão para empresas particulares onde apenas uma ou democum pequeno grupo de pessoas obtêm o lucro pelo trabalho de todos, Sócrates morreu em 2011 e viu a ditadura acabar, mas não a consolidação de um futebol e uma sociedade mais democrática, no sentido literal da palavra.

Esse é um documentário muito importante para quem gosta tanto de futebol como de revolucionários e política, porque é através destes exemplos, devem ter alguns com menores proporções por aí, mas com os exemplos deste filme podemos ver a importância de um jogador de futebol para o seu país, o que ele representa e como ele pode usar o seu “status de herói e até mesmo de celebridade” com podemos ver hoje em dia para construir uma sociedade melhor ou até mesmo para mudar radicalmente a sociedade onde vivem ou nasceram. Mostra o poder que os jogadores podem ter com suas palavras e atitudes, infelizmente, assim como na 6a01310f90b709970c0192aa43a997970dsociedade em geral são poucas pessoas que dão “a cara a tapa” para conseguirem mudar a sociedade e fazerem um lugar melhor não apenas para sua família, seus amigos ou pessoas que concordam com eles e sim para toda uma sociedade.

A parte técnica do filme não compromete, não há nada de especial e inovador, como também não tem problemas técnicos. Mas gosto do jeito que é apresentado em um teatro, já que o futebol também é um espetáculo que pode mudar o mundo, pode ser até interpretado como arte. “Os Rebeldes do Futebol” é um filme extremamente inspirador que poderia ser visto por mais aspirantes a jogadores de futebol e jogadores profissionais que são engolidos por seus empresários e “rios de dinheiro”.

 

TRAILER:

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s