Fundamentalistas por um cinema underground.

Cecil Bem Demente (Cecil B. Demented)

Dirigido por: John Waters.

Duração: 85 minutos.

Para quem não conhece o diretor John Waters, ele é responsável por um dos maiores clássicos do cinema Cult mundial, o tão famigerado Pink Flamingos, que já esteve aqui no blog, lá no comecinho, há poucos anos atrás. Cecil Bem Demente é um outro tipo de filme, aqui não tem o exagero de cenas gores, totalmente nojentas e nem a presença da famosa travesti Divine, também foi o diretor que criou o musical Hairspray, a versão que você viu deve ser um remake do filme do John Waters, que não deve ter saído em versão nacional, inclusive muitos poucos filmes do John Waters saíram no Brasil, dos que eu já vi somente Pink Flamingos, Female Troubles e este Cecil Bem Demente, em versões muito caras.

Cecil bem demente que no titulo original é uma referencia ao diretor Frances que tinha mania de megafilmes Cecil B. Mille, só que aqui o Mille é trocado pelo Demented, Nome do personagem principal do filme, que é um diretor de cinema underground que seqüestra uma estrela de Hollywood para estrelar seu filme.

Alem de Cecil B. Demented, há também no filme uma atriz pornô, um drogado-ator ou ator-drogado, uma maquiadora satanista, um cabelereiro heterossexual e outros personagens malucos, cada um tem tatuado em seu corpo algum nome de diretor, principalmente os menos Hollywood, alguns exemplos são Sam Packinpah, David Lynch, Almodóvar, Spike Lee, entre outros diretores que não costumam fazer parte do cinema hollywoodiano.

Com o inicio do filme feito pela equipe/gangue do Demented, eles fazem apenas uma cena dentro de um estúdio, é uma cena onde ninguém entrou no cinema para assistir um filme do Pasolini, e a família dona do cinema coloca a culpa nos multiplex e no mercado cinematográfico cheio de publicidade que faz com que as pessoas não freqüentem o cinema de rua e veja filmes independentes, undergrounds, filmes B e de baixo orçamento. A atriz famosa de Hollywood, chamada de Honey Whitlock, não quer participar do filme, mesmo assim ela acaba atuando.

O restante do filme será feito em locações reais, com pessoas reais em cinemas reais, assim eles invadem a exibição de algum filme besta de Hollywood, vão até uma reunião/coquetel de produtores da cidade de Baltimore, cidade onde nasceu e acontecem todos os filmes de John Waters, se não me engano. Eles falam  com produtores e diretores de forma ameaçadora, tem momentos épicos, como “ – você fez um remake daquele filme? – não é minha culpa que os americanos não gostem de legendas, responde um produtor”. Porque você filmou mais um filme de super herói? E assim eles vão aterrorizando os produtores e diretores de Baltimore enquanto fazem um filme.

A próxima cena do filme é a equipe invadindo um set de filmagem, desta vez um remake do filme Forest Gump, eles invadem e conseguem fazer um verdadeiro estardalhaço na gravação, inclusive eles tem que fugir e saem feridos por seguranças do set do filme que estava sendo feito.

Cecil bem demente é uma critica de um americano contra o próprio sistema de comercial de cinema do seu pais, John Waters tinha dinheiro para fazer filmes bonitinhos e bem feitos, mas ele sempre preferiu escolher uma estética suja, underground mesmo, e mostra aqui que o cinema de Hollywood já não é mais o mesmo, são diversos remakes, filmes baseados em quadrinhos, livros, não se vê mais um filme original em Hollywood e faço um paralelo com os filmes de sucesso no Brasil, são aqueles baseados em livros e em programas televisivos, sejam eles de comédia ou novelas, o que faz com que o cinema brasileiro não evolua, não tenha sentido, não seja um cinema de verdade, daquele que faz você pensar, questionar, aprender, é apenas um cinema de entretenimento superficial, com idéias tolas e babacas.

A cena em que eles questionam o cinema familiar em que as famílias querem apenas filmes que possam mostrar para os seus filhos também é sensacional, ao mesmo tempo que as mães querem filmes bonitnhos, elas acabam agredindo e perseguindo a equipe de Cecil B. Demented com agressões, também tem uma ótima cena num cinema pornô e outra em um Drive-in, que nem sei se chegou a ter algum no Brasil e se ainda existe hoje no EUA, apesar do filme ser 2000. Enfim, este é outro filme feito dentro filme que posto no blog, são três seguidos, Rebobine, por favor; Um filme sérvio e Cecil bem demente, o tema tem sido recorrente porque tenho pensado muito sobre o que devo fazer com o meu cinema e como devo fazer e se quero continuar fazendo. Mas Cecil Bem Demente é um ótimo filme, diverte, tem diálogos incríveis e ótimas atuações, não conheço muito os atores, mas quando um ator sabe atuar e tem que interpretar um ator que não sabe não deve ser a coisa mais fácil, ponto para eles. O filme é bem filmado, estilo meio tradicional de fotografia e câmera, mas as idéias e diálogos são sensacionais, dignos de grandes filmes que deveriam entrar para a estória, mas como esse é somente mais um filme undergound, assistam aqueles que correm atrás.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s