O NATIMORTO

Natimorto (nacional).

Direção: Paulo Machline.

Duração: 95 minutos.

Faz quase um ano que perdi a oportunidade de ver o Natimorto na Mostra de SP. Dias atrás, devido a uma mostra latino americana de cinema, organizada pelo Memorial da America Latina, pude ver o filme. Natimorto é o filme de estreia de Paulo Machline baseado no livro homônimo de Lourenço Mutarelli. Li o livro, o primeiro que li do autor, talvez seja o meu preferido dele até hoje.

Vi o filme com um certo receio, sabendo que poderia me decepcionar, isso acontece bastante quando vou ver adaptações literárias para o cinema. No entanto, os livros do Mutarelli são bem rápidos e dinâmicos, alguns até parecem roteiros cinematográficos. O Cheiro do Ralo é um bom exemplo de livro que funcionou muito bem no cinema.

Natimorto tem alguns aspectos que tornam a estória muito interessante, como os diversos personagens bizarros e surreais que compõem a narrativa, dando beleza a uma estória, de certa forma, simples.

O empresário, que é um caça talentos, prevê a sorte do dia através dos maços de cigarro, ligando as imagens de advertência contra os males do cigarro com as cartas do tarô. Ele é uma espécie de Sherazade, porque para manter A Voz no apartamento do jeito que ele gostaria, é necessário que ela tenha algo para fazer com ele.

A Voz, que é uma cantora, tem uma linda voz. Ela veio para a “cidade” para ter uma oportunidade melhor. O empresário arruma um encontro dela com o maestro para ela ter uma oportunidade no showbusiness. O único capaz de ouvi-la é o empresário.

Em um jantar na casa d’O empresário, ele apresenta a voz para a sua esposa. A esposa quer muito conhecer a voz d’A voz, no entanto, tanto O empresário, como A voz não querem muito que A voz se apresente. Depois de alguns vinhos A esposa começa a insistir em conhecer tão bela voz, tão belo talento e ela começa a desconfiar que eles são amantes. Uma briga acontece e A voz vai embora, acompanhada pelo empresário.

A voz e O empresário vão para um apartamento em um hotel. O empresário faz uma proposta para A voz, para que eles fiquem no apartamento durante um tempo, provavelmente uns 6 anos, tempo em que O empresário tem dinheiro para pagar o hotel. Conforme o tempo vai passando, o estresse começa a aumentar, é o que acontece quando duas pessoas ficam tanto tempo juntas.

Natimorto é uma bela adaptação do livro, porque tem um ritmo muito bom, lembro que quando li o livro o li em provavelmente duas horas ou menos, o filme tem um ritmo um pouco mais lento, talvez. Também tem uma ótima fotografia, mas atuações não muito boas. Mutarelli interpreta O empresário, o que faz bem com os delírios e nem tanto com a parte mais dramática de diálogos. Simone Spoladore interpreta A voz e convence bastante, mas em alguns momentos, falha um pouco. Contudo isso não atrapalha a beleza do filme, que tem uma estória muito interessante.

Aos que não leram o livro, talvez o filme soe um pouco lento e até chato, para os fãs de Mutarelli podem até gostar mais do livro, será uma bela experiência transformar a leitura em imagens. Talvez eu mudasse uma ou outra coisa, como em qualquer adaptação de livro. Cada um tem a sua interpretação.

Gosto do final do filme, em que aparece Mutarelli na posição do enforcado na carta do tarot. Demonstrando que o sacrifício de ficar trancado em um quarto de hotel é compensador diante de uma sociedade tão hipócrita, tão humano e cheia de defeitos. A estória é misantrópica e além de criticar a sociedade, coloca em debate a necessidade de termos contato com várias pessoas, a necessidade que temos de diálogos e conflitos para continuarmos vivendo.

Faz algum tempo que o filme foi finalizado, porém ainda não foi lançado em nenhum cinema, passou apenas em alguns festivais, é uma pena que o cinema no Brasil seja tão desvalorizado e que as pessoas prefiram ver filmes hollywoodianos que apenas entretêm na hora e não acrescentam nada em necessidade de conhecimento e reflexão.

Anúncios

2 comentários sobre “O NATIMORTO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s