CAMPO 731 – BACTÉRIAS – A maldade humana

Campo 731 – Bactérias – a maldade humana (Hei Tai Yang 731)

Dirigido por:  Tun Fei Mou

Duração: 103 minutos.

Resolvi assistir a este filme porque é um filme famoso no em questão de cenas fortes e que chocam pela sua realidade, principalmente em ser considerado um quase SNUFF, porque no filme são usados cadáveres reais.

Campo 731 conta uma estória de horror real, na época da segunda guerra mundial, o Japão invade parte da china para criar um campo de experimentações para a guerra mundial.

Neste campo, eles usavam cobaias humanas, camponeses chineses que eram capturados, eles chamavam os chineses de “troncos” para diferenciá-los de um ser humano como eles, para ludibriar os soldados, alguns até chegavam a pensar no que estavam fazendo, já que os “troncos” eram iguais a eles, mas como dizia muitos deles, eles eram apenas “troncos” não sabiam nem se comunicar na língua deles.

O general responsável pelo campo era totalmente insano e procurava a todo custo alcançar seu objetivo, ele não tinha pena de qualquer “tronco” que fosse, seja ele um homem comum, mulher, criança, bebê. Tem cenas brutais onde no frio intenso da china com neve, ele toma um bebê dos braços da mãe e joga na neve e enterra o bebê vivo.

As cenas dos experimentos são bem fortes, há cenas realmente impressionantes, para deixar os fãs de Jogos Mortais com o “cú na mão”, uma cena que me impressionou bastante, foi a de uma mulher que tem seus braços congelados e depois só de puxar a pele, fica somente o osso. Algumas outras que podem ser vistas em filmes mais gores, como holocausto canibal e nekromantic.

Como é comum nestes filmes, animais também são vitimas da brutalidade humana, em uma sala cheia de ratos famintos, é jogado um gato, o gato resiste por um tempo, tentando contra-atacar mais é logo pego pelos ratos que vão mordendo ele,  e lentamente o gato vai se entregando, ensangüentado, vemos os últimos movimentos de seus olhos.

Campo 731 é um filme que conta uma estória real que aconteceu no oriente na época da segunda guerra mundial, o filme acaba quando a Rússia domina o Japão e o campo de experiências tem que ser desfeito, já que, o Japão se rende para não ser ainda mais devastado. O filme foi patrocinado e autorizado pelo governo chinês, porque mostra que o Japão não foi uma vitima inocente da guerra, eles estavam preparando várias armas biológicas e químicas que poderiam ter devastado a maioria da população mundial. No final é mostrado fatos que ocorreram depois, como guerra contra a coréia onde foram usadas armas biológicas. E depois de alguns anos o general do Campo 731 foi condenado por crimes de guerra.

O fato é que o filme tem cenas fortes para mostrar o que é uma guerra. Não apenas batalhas onde tem vários mortos e feridos, é um campo para experimentações, sejam elas bélicas, biológicas, químicas e estratégias. Tem muita coisa por trás da guerra, elas são importantes para o “desenvolvimento duvidoso” de diversas tecnologias, que favorecem grandes empresas.

Um bom filme tanto pelo contexto histórico, como pelos efeitos de maquiagem que são totalmente realistas e também foram usados cadáveres reais no filme, um semi-Snuff talvez. Um filme forte para quem tem estômago forte e não se impressiona facilmente, Campo 731 é uma boa pedida para um Sábado, no qual você resolveu ficar em casa.

Anúncios

4 comentários sobre “CAMPO 731 – BACTÉRIAS – A maldade humana

  1. Eu vi esse filme aos 14 anos, hoje tenho 32, na época eu nem imaginava seu conteúdo, um vizinho me chamou para assistir com ele e sua irmã de apenas 12 anos .é simplesmente o filme mais real e macabro que já assisti, até hoje me pego pensando em suas cenas…

  2. Pingback: Os números de 2010!!!! « MENTE INSANA cineblog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s