DAHMER – MENTE ASSASSINA

DAHMER – MENTE ASSASSINA (Dahmer).
Dirigido por: David Jacobson.
Duração: 101 minutos.

Dahmer conta a estória do serial killer que matou cerca de 15 pessoas nos estados unidos.O filme começa com cenas do presente e tem vários flashbacks.
Desde criança Dahmer era hostilizado pelo pai e ele foi morar com a avó, não se dava muito bem na escola e não tinha amigos, passava a maior parte do tempo andando sozinho pela rua e malhando.
Depois de um tempo foi morar sozinho, alugou um apartamento e começou a trabalhar em uma fábrica de chocolates, ainda se sentindo sozinho, começou a ir a um bar gay e tentar conhecer pessoas.
Em uma destas idas ao bar ele conhece outros rapazes que vão ao apartamento dele, bebem, ouvem música e vão embora, é neste período que ele para não deixar que seus amigos vão embora, que ele começa a mata-los para que ele tenha que ficar sozinho.
Indo ao bar ele começa a oferecer bebidas aos rapazes, mas coloca droga para que eles durmam e Dahmer os estupra em um quarto nos fundos do bar, depois de um tempo ele é descoberto, apanha e é expulso do bar.

Dahmer tem agora que começar a procurar por outras locais, ele acaba encontrando um jovem em uma loja de armamentos para caça, compra uma faca e convida o rapaz para ir tomar uma cerveja em seu apartamento, eles começam a se dar bem, o rapaz demonstra gostar dele também. Chega um momento em que o rapaz já está muito bêbado e resolve ir embora, Dahmer chateado diz que não quer que ele vá embora, o rapaz diz que volta outro dia, porém Dahmer fica nervoso e violento, acaba agredindo o rapaz, quase o mata, mas parece que esse o sentimento é maior, então deixa o rapaz fugir.
O rapaz vai embora e depois de um tempo a polícia aparece na casa de Dahmer porque o seu apartamento estava cheirando muito mal, porque ele não estava conseguindo se desfazer dos corpos.
Dahmer é preso, acusado de 15 assassinados e condenado a mais de 900 anos de prisão e morto na cadeia.
Gosto deste filme principalmente porque não é um filme sangrento e violento como Sexta-feira 13, ele mostra o lado pisicológico de um assassino serial, porque ele se tornou um pessoal assim, desde os abusos verbais do pai, a morte da mãe, a falta de amigos tanto na infância como na fase adulta, ele não conseguia encontrar um espaço na sociedade para ele.
É claro que não faltam cenas pertubadoras de violência, ele faz uma lobotomia, abre um rapaz ao meio e enfia suas mãos dentro, mostra quando ele agride e mata um rapaz na adolescência, o esquartejando e jogando e sacos de lixo.
Um filme para conhecer o outro lado da sociedade que exclui, depois condena as pessoas por seus atos fora do comum, do normal, da ética, da moral e da lei. Ainda é bem filmado, dirigido e editado.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s