A ULTIMA NOITE DE BORIS GRUSHENKO

A ÚLTIMA NOITE DE BORIS GRUSHENKO (Love and Death)
Dirigido por: Woody Allen
Duração: 85 min.

Woody Allen pode ser considerado um gênio do cinema, ele atua, escreve e dirige quase todos os seus filmes, e A ÚLTIMA NOITE DE BORIS GRUSHENKO é uma de suas obras.
Boris é um homem que passou a infância filosofando e pensando sobre a morte, nascido e crescido na Rússia com irmãos totalmente ogros, ele chega a ser patético na sociedade em que vive. Apaixonado por uma mulher que cresceu junto a ele, ela é apaixonada por seu irmão, que é apaixonado por outra mulher.
A estória acontece na época que Napoleão está conquistando a Europa. Então toda a família de Boris terá de ir para a guerra, mesmo Boris dizendo que é pacifista, ele acaba indo parar no exército Russo. Mesmo sendo o pior soldado do batalhão Boris acaba indo ao front na guerra contra os franceses, as cenas de guerra não deixam nada a dever aos grandes épicos de guerra e nem as absurdas e engraçadas cenas de um Monty Python. No fim da batalha quase todos os soldados Russos estão mortos, Boris resolve se esconder num canhão e ele acaba se tornando um herói por ter matado o capitão Francês.

De volta a Petesburgo, Boris arruma um duelo por ter transado com uma donzela, noiva de um valentão. Antes de ir para o duelo Boris se declara para sua prima e se ele sobreviver, o que é praticamente impossível, eles se casarão. Boris vai para o duelo e mesmo levando um tiro em cada braço ele sobrevive e finalmente se casa com seu antigo e único amor. Sonja.
Seu casamento no início não é dos melhores, não vivem muito bem, já que, Sonja não o amava, apenas fez uma promessa na qual pensou que nunca precisaria cumprir. Só que o charme e inteligência de Boris Grushenko aos poucos vão amolencendo o coração de Sonja, que quer ter filhos com Boris. Com a monotonia do casamento Boris resolve que quer morrer, só que suas tentativas não surtem um bom resultado.
Em dado momento o casal Boris e Sonja resolvem que devem assassinar Napoleão, muito mais por causa da Sonja do que de Boris. Eles saem em uma jornada para matar Napoleão, encontram dois irmãos da família real espanhola com Napoleão. Eles se disfarçam dos espanhóis e seguem ao encontro de Napoleão.
Boris e Sonja se encontram com Napoleão. Sonja se oferece e Napoleão, na verdade um sósia acaba indo para um quarto com ela, Boris se esconde no quarto com uma pistola em mãos. Já com Napoleão no quarto com Sonja, eles tentam matar Napoleão, após várias tentativas fracassadas o sósia de Napoleão morre, mas nem pelas mãos de Sonja, nem pelas mãos de Boris que acaba preso e é condenado à morte. Na cela da prisão Boris tem uma visão de que ele será perdoado por Napoleão e não será morto. Só que ele é realmente executado.
Os diálogos do filme são incríveis, ao mesmo tempo que tem que ter um bom repertório para entender algumas piadas, há cenas pastelão como se fossem de desenhos animados e como por trás de todo humor há uma crítica social, aqui há diversas, críticas para guerras, costumes, existência de deus, filosofia e ao modo como encaramos o amor e a morte, como ao título original, Love and Death.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s