NA NATUREZA SELVAGEM

Na natureza selvagem (into the wild)
Dirigido por: Sean Penn
Duração: 145 minutos

Este filme já tem tudo para ser um filme cult, Alexandre Supertramp (super andarilho), o personagem principal do filme, vive um sonho que comove e nos faz pensar para onde nossas vidas estão indo.
Alex Supertramp é um recém-formado estudante, que resolve que antes de começar a trabalhar irar fazer uma viajem ao Alasca, mas essa viagem será para o Alasca selvagem.
Ele sai de sua casa, com seu velho carro, uma mochila com itens básicos e um pouco de dinheiro, logo abandona o carro e segue o seu destino andando.
Consegue encontrar um trabalho em uma fazendo com o qual vai ajuntar dinheiro suficiente para que ele possa comprar os itens necessários para sua aventura pelo Alasca selvagem, ele sai deste emprego e continua a sua busca.

No caminho vai fazendo amigos, desde um casa de hippies que tiveram um grande trauma na vida, uma ninfeta violeira que se apaixona por ele, um velho que tem medo de enfrentar a vida, todos que se encontraram com ele tiveram as suas vidas mudadas.
Supertramp queria se desvincular das coisas materiais que levaram seus pais a freqüentes e cada vez mais intensas brigas, levando a frase “mate seus pais para poder ser você mesmo”, Supertramp segue seu rumo e encontra junto da natureza um motivo para viver.
Já no Alasca selvagem, ele encontra um ônibus abandonado no qual chama de Magic Bus, onde ele começa a viver, é verão no Alasca e os animais e frutas estão em abundancia, ele tem que caçar para comer e faz isso, tem suas decepções e conquistas, como quando ele mata um veado, mas não tem onde armazenar tanta carne que acaba apodrecendo.
Escrevendo um diário que pretende lança-lo quando voltar para a civilização no inverno, pois seria impossível viver no Alasca selvagem com o frio intenso e sem comida, já que os animais não vivem no frio e nem há vegetais com as baixas temperaturas.
Na natureza selvagem, faz nos pensar o que é realmente importante em nossas vidas, um carro novo, ou a sensação de sentir o que a natureza pode nos dar, cabe a cada um que assistir ao filme a conclusão, pois seu extremismo na natureza também não lhe trouxe muitas vantagens.
Baseado num livro na história verídica de Crhistopher Johnson McCandless, a direção perfeita de Sean Penn. Destaca-se também a edição e o modo de narração do filme.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s